Feeds:
Posts
Comentários

Archive for janeiro \24\UTC 2009

Eu sei que sou um Capoeira

Um Capoeira eu sei que sou

Eu sei que sou um Capoeira

Mestre Machado foi quem no ensinou

Eu não tenho sangue baiano

Mas sou descendente de africano (bis)

E a minha Capoeira tem valor

A Capoeira evoluiu, junto a sua idade

Hoje a Capoeira é coragem

Esporte com fraternidade (bis)

E também é a liberdade

Autor: Instrutor Ricardo (In memórian)

Read Full Post »

Eu sou feito de sangue e suor

Tenho orgulho e magia

O meu pai foi atado sem dó, minha mãe sofredora Maria

Eu nasci num cantinho do Engenho, cujo nome se chama Senzala

Onde fico escutando o gemido, enquanto o chicote uivava (bis)

Faz a faca no peito uma dor, minha boca colava de sede

Hoje eu rezo pros meu antepassados, deitado no fundo da rede (bis)

Dona sereia, rainha do mar, ve se não deixa meu barco afundar (bis)

Ve se não deixa meu barco afundar, Dona Sereia rainha do mar (bis)

Read Full Post »

Berimbau

(Baden Powell e Vinícius de Moraes)
Quem é homem de bem não trai
O amor que lhe quer seu bem
Quem diz muito que vai, não vai
Assim como não vai, não vem
Quem de dentro de si não sai
Vai morrer sem amar ninguém
O dinheiro de quem não dá
É o trabalho de quem não tem
Capoeira que é bom não cai
Mas se um dia ele cai, cai bem
Capoeira me mandou dizer que já chegou
Chegou para lutar
Berimbau me confirmou vai ter briga de amor
Tristeza, camará

Para ouvir clique em Berimbau.

Read Full Post »